animais de estimação no condomínio

Animais de estimação no condomínio

Animais de estimação no condomínio sempre foi um assunto polêmico. De um lado, moradores que não abrem mão de ter pets. Do outro, moradores que não gostam ou têm medo de animais e que desejam que os mesmos sejam proibidos no local.

Mas afinal, um condomínio pode proibir os animais?

Segundo o artigo 5º, XXII da Constituição Federal todos têm o direito de propriedade e, proibir animais no interior de apartamento estaria violando essa regra. Portanto, desde que o animal não cause riscos à saúde ou segurança dos demais moradores, não tire o sossego da vizinhança e que seu dono respeite as normas estabelecidas nas áreas comuns do condomínio, não é permitido a proibição de animais.

O que os donos de pets devem saber sobre animais de estimação no condomínio

– É importante que o animal passeie, pois isso evita que ele fique latindo ou miando por estar estressado. Mas lembre-se: os animais não devem circular pelos corredores ou outras áreas sozinhos ou sem coleiras;

 Ande sempre preparado para recolher as necessidades do seu bichinho;

 Use o elevador de serviço quando for passear com seu animal. Se necessário, ele deve estar com focinheira nas áreas comuns.

Como ficam os demais moradores que não tem pets?

– Não restrinja o direito do outro. É importante entender que o animal faz parte da família de alguém. Portanto, tenha paciência e respeito.

Sabemos que todos devem prezar para que a boa convivência seja mantida e por isso o respeito e o bom senso é primordial por ambas as partes envolvidas, para que assim todos fiquem livres de conflitos.

Como evitar conflitos referentes aos animais de estimação no condomínio

Bom senso é a palavra de ordem. Residir em condomínio é um exercício de cidadania, de respeitar o espaço dos outros, afinal é dever dos donos de animais de estimação garantirem os direitos dos demais moradores, assim como estes devem ter empatia e entender que os amantes de pets devem ter seu espaço nos condomínios também.

Assine a Newsletter UnionData Gratuitamente

E fique por dentro do universo da gestão de condomínios e do mercado imobiliário. Receba no seu e-mail artigos, dicas e notícias que são do seu interesse!

2 + 2 =

Leia também…

O papel de uma garantidora de condomínio

O papel de uma garantidora de condomínio

A administração de um condomínio é uma tarefa complexa que envolve diversas responsabilidades financeiras e organizacionais, e um dos desafios enfrentados pelos síndicos e administradoras é a inadimplência da taxa condominial, que pode comprometer a saúde financeira...

ler mais
Conselho fiscal do condomínio: como organizar

Conselho fiscal do condomínio: como organizar

A gestão de um condomínio envolve diversas responsabilidades, desde a manutenção das áreas comuns até a administração financeira. Uma das ferramentas mais importantes para garantir a transparência e a eficiência na gestão dos recursos financeiros do condomínio é o...

ler mais
Share This