Qual é a função do síndico? O que fazer na prática?

Entenda quais são as funções do síndico e o que fazer na prática

Você tem ideia de como é a lista de tarefas do síndico? Sem dúvida já conhece o termo “síndico”, mas será que está familiarizado com a gestão condominial na prática?

São muitas as tarefas do síndico, que vão desde a assistência necessária para o bom funcionamento, até a gestão organizacional e legal do condomínio. No entanto, na prática, o síndico tem mais atividades diárias, mensais e anuais do que é possível imaginar.

Pensando em ajudar você a entender como funciona a gestão condominial, selecionamos aqui as principais informações necessárias para você entender mais sobre isso. Confira!

Qual é a função do síndico?

A palavra “síndico” remete ao sujeito selecionado para zelar ou defender os interesses de um determinado grupo. Em relação ao termo no conhecimento popular brasileiro, seria o morador eleito para providenciar as necessidades do condomínio.

Também conhecido como administrador do condomínio, o síndico fica responsável por controlar, gestar e resolver as pendências dos edifícios. Além disso, ele também precisa manter a segurança e disciplina do local, dar conta da limpeza e também lidar com questões de legalidade.

O que significa Gestão Condominial?

Gestão Condominial é um termo bastante atual e designa uma atuação de administração do condomínio. Essa tarefa nem sempre é destinada ao síndico, mas também a uma empresa administradora ou a uma função terceirizada.

A gestão terceirizada é aquela em que o síndico e os conselheiros elegem outra pessoa para a administração condominial, sendo responsável pelas questões burocráticas, por exemplo. Já com relação à gestão administradora, quem atua nesse papel é uma empresa especializada.

De todo modo, a gestão precisa reduzir as possibilidades de erros e inadimplência, uma vez que as tarefas exigem estratégia e profissionalismo para garantir a segurança e questões legais do local, como de fiscalização do cumprimento das normas e burocracias.

Checklist do síndico: gestão condominial diária

Mas afinal, qual é a lista de tarefas do síndico? Levando em consideração que é o próprio síndico que faz a gestão condominial, selecionamos as principais atividades para que você entenda mais dessa atuação. Acompanhe:

• Realizar reuniões de Assembleia Geral;

• Verificar as tarefas de limpeza com o zelador contratado;

• Controlar o sistema de segurança, conferindo o funcionamento das câmeras, extintores, alarmes, etc.;

• Realizar os pagamentos diários e programar os mensais e anuais;

• Fiscalizar o cumprimento das normas de boa convivência;

• Fiscalizar o cumprimento das normas de uso de locais externos;

• Gestar a equipe de profissionais e também seus contratos legais;

• Prezar pelo bom atendimento e relação com os moradores;

• Organizar as contas avulsas de emergências imprevistas;

• Agendar a manutenção periódica, como questões de jardinagem, hidráulicas, elétricas e de maquinaria;

• Fazer o acompanhamento do saldo financeiro, de entradas e saídas;

• Gestar o pagamento dos funcionários e a escala de férias e licenças;

• Organizar os documentos oficiais e documentação contábil para conhecimento da Assembleia Geral;

• Prezar pelo bem-estar dos moradores;

• Gerenciar as áreas comuns, como salão de festas, quadras, piscinas etc.

Essas são as tarefas gerais de um síndico gestor condominial, mas a lista pode variar de acordo com cada necessidade. O fato é que são muitas as atividades, certo? E as chances de haver erros ou atrasos são grandes.

É por isso que o UnionWeb existe! É a solução feita para otimizar a interação de condôminos e a gestão condominial. O programa possui ferramentas necessárias para contribuir com a realização de todas essas tarefas da gestão. Entre em contato agora mesmo e entenda como ele pode atender as suas necessidades!